Pular para o conteúdo principal

CÃORIOSIDADES NOSTRO PET CANICROSS: CÃES PELO MUNDO - VIKINGS

 

Guias dos Vikings

Alguns estudos apontam que os vikings também acreditavam nos dotes sobrenaturais dos cães. Há indícios de que eles sacrificavam os mascotes para que orientassem almas humanas no mundo dos mortos. Um exemplo é o túmulo de Gokstad, construído por volta do ano 900, na Noruega. 

Na tumba, foram encontrados oito cães enterrados com seu dono. Também há várias gravuras que retratam guerreiros vikings chegando ao além, acompanhados de cachorros.



Escavações na fazenda Gokstad, no município de Sannefjord, por volta de 1880.


O NORWEGIAN LUNDEHUND

Bem como o seu próprio nome diz, o Norwegian Lundehund (ou Lundehund Norueguês) é originário da Noruega. Também conhecido como o cão Puffin, o Norwegian Lundehund tem sua origem em uma ilha remota. Originalmente, ele era usado para escalar penhascos e roubar ovos de ninhos. Em virtude de ter seis dedos em cada pata, ele pode subir praticamente em qualquer lugar. Bem como se contorcer pelas passagens mais estreitas.

A saber, o Norwegian Lundehund é um cão alegre, inquisitivo e travesso. Assim sendo, este é um cão que precisa de supervisão para mantê-lo longe de problemas. Ele é uma raça primitiva que é difícil de treinar e gosta de latir e cavar. Então, tenha isso em mente antes de decidir que seria muito legal ter um cachorro que pode dobrar a cabeça para trás, esticar as pernas dianteiras para o lado e fechar seus ouvidos para manter a umidade e sujeira. Forneça-lhe muita socialização precoce para evitar a timidez e a sensibilidade ao ruído. E se você é um amante de pássaros, bem, apenas tenha em mente o propósito original desta raça.

Este pequeno cão foi mantido pelos Vikings e usado como um caçador ágil. Infelizmente, esta raça tem uma condição digestiva muito séria, que faz a absorção de nutrientes dos alimentos difícil e diminui sua expectativa de vida.

Norwegian Lundehund, ou Cão Puffin

Fontes: 
https://www.dogeek.com.br/racas/norwegian-lundehund/
https://midsammer.livejournal.com/428438.html
https://www.einerd.com.br/10-racas-raras-de-caes/
Humanos e cães: amizade até depois da morte Publicado primeiro em https://super.abril.com.br/feed

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS REGRAS E REGULAMENTOS PARA O CANICROSS E O BIKEJORING

Geralmente pensamos que as regras e os regulamentos servem apenas para quem pratica o esporte de forma oficial. De certa forma sim, porém, estas regras e regulamentos são criadas não só no intuito de organizar o esporte, mas também amparar e proteger a integridade dos atletas ou praticantes, sejam eles humanos ou cães. Neste artigo procurei destacar alguns pontos importantes no que diz respeito às regras e regulamentos para Canicross e Bikejoring que são estabelecidos e seguidos pela IFSS (Federação Internacional de Sleddog Sports), que detém o World Dryland Championships(abrangendo Canicross e Bikejoring) e a ECF (European Canicross Federation). A ideia é passar as informações relevantes ao praticante, seja para competição ou diversão, para que este possa usufruir dos benefícios do esporte de forma segura e correta. Não são todos os itens que precisam ser seguidos por quem pratica estes esportes como lazer e diversão, pois muitas das regras serão específicas para provas com

10 Dicas para quem vai treinar CANICROSS

A chegada do tempo bom incentiva o passeio com o cão e a  praticar algum esporte com ele.  Juntamente com o  agility , entre os esportes que mais tem atraído os aficionados por cães está o  canicross,  por isso, lhe damos dez conselhos para quando quiser praticá-lo. E lembre-se sempre que ESCOLHER O EQUIPAMENTO CORRETO É O PRIMEIRO PASSO! 1. Exame veterinário.  Verificar a saúde do cão é o primeiro passo necessário. 2. Começar a treinar.  É essencial que o cão vá gradualmente ganhando resistência aeróbica, para começar, pode-se dar um passeio de bicicleta por aproximadamente 20 minutos. 3. Educação técnica.  O cão deve conhecer as técnicas necessárias para participar de uma corrida, como as ultrapassagens, alongar a linha de forma constante, cruzar-se com outros cães, ordens direcionais, pedir-lhe que trote devagar etc, e é responsabilidade do guia que ele as aprenda corretamente. 4. Fortalecimento da musculatura  geral e do quarto traseiro, em particular, pa

A Origem do Canicross

Aiko veste Arnês X-Back Vermelho da Nostro Pet.  Foto: VG Photografia O Canicross  surgiu no Reino Unido na década de 1990. A ideia veio da necessidade de treinar os animais para puxar trenós. Para que o cachorro se acostumasse com a tração, o início do treino era feito com o animal atrelado ao condutor por meio de uma guia. Ao notar que isso era prazeroso tanto para o homem quanto para o cão, o Canicross virou esporte. Atualmente, a prática já é bem popular no continente europeu.  O primeiro campeonato  foi realizado em 2002 na província de Ravena, na Itália. No Brasil, entretanto, o esporte surgiu em meados de 2010. O Canicross, originalmente, é praticado em meio à natureza, em campos, montanhas e locais onde a natureza é predominante.  O equipamento adequado proporciona conforto ao cão. Foto: VG Photografia   Aqui no Brasil, temos inúmeros lugares e paisagens que podem ser aproveitados para iniciarmos este hábito maravilhoso que é o Canicross, seja pa