Pular para o conteúdo principal

DICAS IMPORTANTES: SAIBA MAIS SOBRE O ROLLERJORING


Certamente depois de assistir a este vídeo espetacular, muitas pessoas vão querer aprender a patinar com seus cães.
É por isso que, após o vídeo, compartilhamos algumas dicas, para que você possa desta maneira, a toda velocidade e com total compreensão, praticar uma atividade esportiva com seu cachorro.
Rollerjoring, esta atividade esportiva ainda é pouco conhecida aqui no Brasil.
Evidentemente, requer aprendizagem tanto da parte humana quanto da canina. O nível mostrado por ele e seu cachorro no vídeo é o resultado de dois anos de treinamento com a Nana.
Ela tem um treinamento específico para avançar, frear e desviar por meio de comandos, que são dados enquanto o condutor patina.

Você gostaria de aprender a praticar Rollerjoring? Estas são algumas das dicas:

Segurança em primeiro lugar

O primeiro e mais importante a ter em mente é que patinar com o seu cão requer um domínio avançado de patins: você deve saber como frear corretamente, desviar com agilidade e saber como deslizar sobre qualquer tipo de superfície (solo molhado, areia, desníveis, etc.).




Caso contrário, eu recomendo que você aprenda a dominar os patins antes de iniciar essa atividade.

Pode ser muito útil também saber como escorregar e cair de forma suave, para enfrentar situações de emergência em que você precise frear instantaneamente, principalmente em uma descida em que você esteja andando muito rápido, por exemplo.
É imprescindível que o cão conheça perfeitamente os comandos: sentado, quieto e junto, porque você precisará controlá-lo em certas situações nas quais você não deseja avançar.
Se você não tem certeza de que o cão irá obedecê-lo, eu recomendo que você espere o momento adequado, até que você treine a obediência dele aos comandos.
Também é importante que seu cão tenha um peso que você possa controlar com sua força sem problemas, enquanto estiver andando nos patins (para que ele não o leve adiante).

As primeiras saídas em patins



Patinar com seu cachorro exige muita calma e paciência. É imprescindível que, antes de tudo, ele aprenda a patinar ao seu lado e sem puxar. Para isso, é muito útil ter treinado o comando "junto" de antemão.
Os primeiros minutos são os mais difíceis para um cão novato, porque está tão animado que é difícil se concentrar na corrida. Tendo isso em mente, comece a atividade sempre em um lugar plano e desobstruído que permita que você "aqueça" alguns minutos. 


As primeiras rotas devem ser muito curtas no início, sem cansar muito o cachorro. Sua distribuição é importante: um passeio de patins a cada dois dias é o ideal.
Temos que treinar devagar e com muita paciência e ir introduzindo os comandos em cada um dos cruzamentos que passamos. O cachorro deve sempre obedecer ao nosso sinal. Pouco a pouco irá automatizar as paradas no cruzamento.

Material e equipamento

Em relação ao equipamento, você precisará de um arnês para que o cachorro o puxe com segurança.

Kit Piccolo Nostro Pet com Arnês X-Back
O Arnês X-Back pode dificultar um pouco para quem não tem muita destreza ou que ainda está aprendendo a patinar, pois o ponto de fixação do arnês é próximo da cauda do cão, fazendo com que não se tenha tanto comando pela guia. Patinar com este tipo de arnês  é aconselhável quando o cão já sabe como ir para a esquerda, direita, posicionar-se ao lado e parar conforme o comando, quando ele permanece à sua frente e você tem o contato visual. Para quem está iniciando, recomenda-se guia mais curta (entre 50cm e 1m) para que você e o cão fiquem mais próximos.




Para iniciar o seu cão neste estilo, o ideal é um Arnês Canicross Ajustável Nostro Pet e adicionar Shock Absorber ao arnês para evitar lesões. Este modelo permite que você se posicione ao lado do cão, por isto é perfeito para poder ensinar-lhe os comandos, mantendo o contato visual.
O Arnês Ajustável Nostro Pet tem o ponto de fixação no meio do tronco, tornando muito mais fácil avançar e guiar com ele, mantendo melhor o controle do peso da frente do corpo.

Arnês Ajustável Nostro Pet


E aconselhável o uso de uma Cinta para Fixação de guia com desengate rápido, este acessório é muito utilizado em Bikejoring e possibilita a desconexão da guia de forma rápida em casos de emergência.
Cinta de Fixação com desengate rápido Nostro Pet


Praticar essa atividade faz com que, com o passar do tempo, o cão e você aprendam a se comunicar na corrida.  Chega um ponto em que você sente que se tornaram um só, sempre que usar os patins.

O resultado você poder assistir neste prazeroso vídeo:


Agora é só começar! O Kit Piccolo Nostro Pet pode ser encontrado neste link:
https://www.nostropet.com.br/canicross/linha-nostro-sportivo/kit-piccolo-com-arnes-x-back-guia-sport-shock-absorber/
Ou acesse www.nostropet.com.br e escolha o seu equipamento para praticar o Rollerjoring.

Fonte: www.srperro.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS REGRAS E REGULAMENTOS PARA O CANICROSS E O BIKEJORING

Geralmente pensamos que as regras e os regulamentos servem apenas para quem pratica o esporte de forma oficial. De certa forma sim, porém, estas regras e regulamentos são criadas não só no intuito de organizar o esporte, mas também amparar e proteger a integridade dos atletas ou praticantes, sejam eles humanos ou cães. Neste artigo procurei destacar alguns pontos importantes no que diz respeito às regras e regulamentos para Canicross e Bikejoring que são estabelecidos e seguidos pela IFSS (Federação Internacional de Sleddog Sports), que detém o World Dryland Championships(abrangendo Canicross e Bikejoring) e a ECF (European Canicross Federation). A ideia é passar as informações relevantes ao praticante, seja para competição ou diversão, para que este possa usufruir dos benefícios do esporte de forma segura e correta. Não são todos os itens que precisam ser seguidos por quem pratica estes esportes como lazer e diversão, pois muitas das regras serão específicas para provas com

10 Dicas para quem vai treinar CANICROSS

A chegada do tempo bom incentiva o passeio com o cão e a  praticar algum esporte com ele.  Juntamente com o  agility , entre os esportes que mais tem atraído os aficionados por cães está o  canicross,  por isso, lhe damos dez conselhos para quando quiser praticá-lo. E lembre-se sempre que ESCOLHER O EQUIPAMENTO CORRETO É O PRIMEIRO PASSO! 1. Exame veterinário.  Verificar a saúde do cão é o primeiro passo necessário. 2. Começar a treinar.  É essencial que o cão vá gradualmente ganhando resistência aeróbica, para começar, pode-se dar um passeio de bicicleta por aproximadamente 20 minutos. 3. Educação técnica.  O cão deve conhecer as técnicas necessárias para participar de uma corrida, como as ultrapassagens, alongar a linha de forma constante, cruzar-se com outros cães, ordens direcionais, pedir-lhe que trote devagar etc, e é responsabilidade do guia que ele as aprenda corretamente. 4. Fortalecimento da musculatura  geral e do quarto traseiro, em particular, pa

A Origem do Canicross

Aiko veste Arnês X-Back Vermelho da Nostro Pet.  Foto: VG Photografia O Canicross  surgiu no Reino Unido na década de 1990. A ideia veio da necessidade de treinar os animais para puxar trenós. Para que o cachorro se acostumasse com a tração, o início do treino era feito com o animal atrelado ao condutor por meio de uma guia. Ao notar que isso era prazeroso tanto para o homem quanto para o cão, o Canicross virou esporte. Atualmente, a prática já é bem popular no continente europeu.  O primeiro campeonato  foi realizado em 2002 na província de Ravena, na Itália. No Brasil, entretanto, o esporte surgiu em meados de 2010. O Canicross, originalmente, é praticado em meio à natureza, em campos, montanhas e locais onde a natureza é predominante.  O equipamento adequado proporciona conforto ao cão. Foto: VG Photografia   Aqui no Brasil, temos inúmeros lugares e paisagens que podem ser aproveitados para iniciarmos este hábito maravilhoso que é o Canicross, seja pa