Pular para o conteúdo principal

A necessidade do sono para os cães


                             

      Os cães precisam de mais tempo de sono que nós. Os adultos dormem em média 16 horas por dia, enquanto os filhotes podem dormir em média 20 horas por dia.

             

     Sentir-se seguro é essencial e não devemos perturbá-los no momento de descanso, portanto é importante lugares confortáveis e que ninguém possa incomodá-los.
     Eles possuem sono polifásico, ou seja, dormem várias vezes durante o dia, diferentemente de nós humanos que necessitamos de um período de sono interrupto para recompor nossas energias. E este é um comportamento normal e instintivo dos cães. 

                                               


     São animais sociais e normalmente eles gostam de dormir em grupos, dia e noite. Numa família com vários cães, um ou outro, ocasionalmente, pode desejar dormir sozinho e em paz, longe dos demais.
                                      

    Eles gostam de paz e sossego, o que muitas vezes é o contrário de nossa rotina de vida ativa e barulhenta.
     E são muitas as opções que nossos amigos podem ter para seu descanso diário, como por exemplo: Puffs, sofás, cestas, almofadas, tapetes de pelúcia, pelegos, camas elevadas, cobertores etc.
     Os lugares podem ser de vários tipos e tamanhos, podem ser no jardim(quando o tempo permite) ou dentro de casa, porém, o mais importante é que o espaço seja suficiente para deitar-se de corpo inteiro, "cobrinha" ou de barriga pra cima, em cima ou embaixo de qualquer coisa que os agrade.


 










                           

     Um sono confortável, de boa qualidade e segurança, irá promover e manter nossos cães saudáveis (e não esqueçamos que o mesmo serve para nós!).
                                      

Fonte: 

Fotos: Guilherme Boldt e Viviane Dorneles.
Apoio: VG Photografia - www.vgphotografia.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS REGRAS E REGULAMENTOS PARA O CANICROSS E O BIKEJORING

Geralmente pensamos que as regras e os regulamentos servem apenas para quem pratica o esporte de forma oficial. De certa forma sim, porém, estas regras e regulamentos são criadas não só no intuito de organizar o esporte, mas também amparar e proteger a integridade dos atletas ou praticantes, sejam eles humanos ou cães. Neste artigo procurei destacar alguns pontos importantes no que diz respeito às regras e regulamentos para Canicross e Bikejoring que são estabelecidos e seguidos pela IFSS (Federação Internacional de Sleddog Sports), que detém o World Dryland Championships(abrangendo Canicross e Bikejoring) e a ECF (European Canicross Federation). A ideia é passar as informações relevantes ao praticante, seja para competição ou diversão, para que este possa usufruir dos benefícios do esporte de forma segura e correta. Não são todos os itens que precisam ser seguidos por quem pratica estes esportes como lazer e diversão, pois muitas das regras serão específicas para provas com

10 Dicas para quem vai treinar CANICROSS

A chegada do tempo bom incentiva o passeio com o cão e a  praticar algum esporte com ele.  Juntamente com o  agility , entre os esportes que mais tem atraído os aficionados por cães está o  canicross,  por isso, lhe damos dez conselhos para quando quiser praticá-lo. E lembre-se sempre que ESCOLHER O EQUIPAMENTO CORRETO É O PRIMEIRO PASSO! 1. Exame veterinário.  Verificar a saúde do cão é o primeiro passo necessário. 2. Começar a treinar.  É essencial que o cão vá gradualmente ganhando resistência aeróbica, para começar, pode-se dar um passeio de bicicleta por aproximadamente 20 minutos. 3. Educação técnica.  O cão deve conhecer as técnicas necessárias para participar de uma corrida, como as ultrapassagens, alongar a linha de forma constante, cruzar-se com outros cães, ordens direcionais, pedir-lhe que trote devagar etc, e é responsabilidade do guia que ele as aprenda corretamente. 4. Fortalecimento da musculatura  geral e do quarto traseiro, em particular, pa

A Origem do Canicross

Aiko veste Arnês X-Back Vermelho da Nostro Pet.  Foto: VG Photografia O Canicross  surgiu no Reino Unido na década de 1990. A ideia veio da necessidade de treinar os animais para puxar trenós. Para que o cachorro se acostumasse com a tração, o início do treino era feito com o animal atrelado ao condutor por meio de uma guia. Ao notar que isso era prazeroso tanto para o homem quanto para o cão, o Canicross virou esporte. Atualmente, a prática já é bem popular no continente europeu.  O primeiro campeonato  foi realizado em 2002 na província de Ravena, na Itália. No Brasil, entretanto, o esporte surgiu em meados de 2010. O Canicross, originalmente, é praticado em meio à natureza, em campos, montanhas e locais onde a natureza é predominante.  O equipamento adequado proporciona conforto ao cão. Foto: VG Photografia   Aqui no Brasil, temos inúmeros lugares e paisagens que podem ser aproveitados para iniciarmos este hábito maravilhoso que é o Canicross, seja pa