Pular para o conteúdo principal

CIENTISTAS COMPROVARAM QUE OS CÃES ENTENDEM O QUE PRONUNCIAMOS


Que os cães são os nossos melhores amigos, disso ninguém duvida. Mas e se a gente também te falar que esses incríveis animais também são capazes de compreender o que você diz?
Bem, um estudo realizado com 13 cães, treinados para conseguir se comportar dentro de um aparelho de ressonância magnética, revelou algo realmente surpreendente.
Este foi o primeiro estudo direcionado especialmente para investigar como os cérebros dos cães processam a nossa fala. E o que se descobriu, foi que os cachorros, assim como os seres humanos, usam o hemisfério esquerdo para processar as palavras, enquanto uma outra parte do cérebro, localizada no hemisfério direito, consegue processar e distinguir as diferentes entonações.
Outra descoberta foi o fato dos cães serem capazes de compreender um elogio! Isso porque eles compreendem que estão sendo "recompensados" quando escutam palavras de carinho e exaltação.
Mas diferentemente do que você pode imaginar, nem sempre isso foi assim. O grupo de pesquisadores húngaros que realizaram essa pesquisa, conseguiram também encontrar o motivo para tal situação ser possível.
E eles concluíram que os mecanismos neurais desses animais evoluíram muito mais do que imaginávamos, e os fatores que contribuíram para isso, foram diversos. Sendo um deles, o fato de há séculos esses animais terem sido "adotados" a nossa convivência e consequentemente a um ambiente de fala.
Segundo o líder da pesquisa, Attila Andics do Departamento de Etologia da Comparative Ethology Reserch Group da Universidade de Eötvös Lorànd:
"Durante o processamento da fala, existe uma distribuição bem conhecida do trabalho no cérebro humano, principalmente o trabalho do hemisfério esquerdo para processar o significado das palavras e o trabalho do hemisfério direito para processar a entonação. O cérebro humano não só analisa separadamente o que dizemos e como nós dizemos, mas também integra os dois tipos de informação, para chegar a um significado unificado. Nossos achados sugerem que os cães também podem fazer tudo isso, e eles usam mecanismos cerebrais muito semelhantes aos nossos".
Como mencionamos anteriormente, o estudo prático desta pesquisa evolveu 13 cães treinados, que tiveram seus cérebros escaneados, enquanto escutavam simultaneamente as vozes de seus donos, dizendo palavras positivas em entonação entusiasmada e neutra, assim como palavras neutras nestes mesmos 2 tons.
Ou seja, o reconhecimento de cada palavra/significado e entonação foi monitorada ao mesmo tempo em que os cães recebiam essas informações.
Por isso não existe mais dúvidas, o seu cãozinho compreende não somente a sua entonação de voz, mas também as palavras que você pronuncia! Abaixo confira o vídeo (em inglês, mas você pode ativar a tradução automática para o português nas configurações do YouTube) do experimento:


Fonte: viaphys.org; terrainteressante.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Canicross - Corra com seu cão

O que é Canicross?
Canicross nada mais é do que uma corrida do tipo cross country (corrida em terreno irregular) com seu cão. O dono utiliza um cinto com uma guia elástica ou com amortecedor (shock absorver) que é atrelada ao peitoral do cão (arnês), pode ser praticado com um ou dois cães.
Quem pode praticar o esporte?
Todos podem praticar o esporte desde que tenham condições físicas, para isso consulte seu médico e um médico veterinário para saber se  ambos estão aptos. Cães de qualquer raça podem praticar o esporte desde que seja observado as particularidades de cada raça, crianças também podem participar desde que tenha condições de controlar o cão.

Quais equipamentos são necessários?
Nenhum equipamentos especial é obrigatório, mas existe equipamento próprio para a prática do esporte. Cinto de canicross: É um cinto utilizado pelo dono/condutor mantendo as mãos livres durante a prática do esporte. Arnês (modelo x-back): É um peitoral específico para tração, que se estende por todo o corpo …

10 Dicas para quem vai treinar CANICROSS

A chegada do tempo bom incentiva o passeio com o cão e a praticar algum esporte com ele. Juntamente com o agility, entre os esportes que mais tem atraído os aficionados por cães está o canicross, por isso, lhe damos dez conselhos para quando quiser praticá-lo. E lembre-se sempre que ESCOLHER O EQUIPAMENTO CORRETO É O PRIMEIRO PASSO!


1. Exame veterinário. Verificar a saúde do cão é o primeiro passo necessário.

2. Começar a treinar. É essencial que o cão vá gradualmente ganhando resistência aeróbica, para começar, pode-se dar um passeio de bicicleta por aproximadamente 20 minutos.



3. Educação técnica. O cão deve conhecer as técnicas necessárias para participar de uma corrida, como as ultrapassagens, alongar a linha de forma constante, cruzar-se com outros cães, ordens direcionais, pedir-lhe que trote devagar etc, e é responsabilidade do guia que ele as aprenda corretamente.

4. Fortalecimento da musculatura geral e do quarto traseiro, em particular, para isso, se torna muito eficaz praticar…

SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS REGRAS E REGULAMENTOS PARA O CANICROSS E O BIKEJORING

Geralmente pensamos que as regras e os regulamentos servem apenas para quem pratica o esporte de forma oficial. De certa forma sim, porém, estas regras e regulamentos são criadas não só no intuito de organizar o esporte, mas também amparar e proteger a integridade dos atletas ou praticantes, sejam eles humanos ou cães. Neste artigo procurei destacar alguns pontos importantes no que diz respeito às regras e regulamentos para Canicross e Bikejoring que são estabelecidos e seguidos pela IFSS (Federação Internacional de Sleddog Sports), que detém o World Dryland Championships(abrangendo Canicross e Bikejoring) e a ECF (European Canicross Federation).
A ideia é passar as informações relevantes ao praticante, seja para competição ou diversão, para que este possa usufruir dos benefícios do esporte de forma segura e correta. Não são todos os itens que precisam ser seguidos por quem pratica estes esportes como lazer e diversão, pois muitas das regras serão específicas para provas com grandes quan…