Pular para o conteúdo principal

Posicionamento dos Cães dentro da Equipe

Resultado de imagem para sled dog
Foto: http://cdn.akc.org

Hoje vamos falar de algo muito importante para quem quer praticar mushing, que é a posição dos cães dentro da equipe. É o papel do mushing/condutor saber e descobrir qual função seu cão desempenha melhor, pois posição que o cão ficará é importante tanto para aumentar o desempenho da equipe no geral como também evitar problemas, afinal de contas, nada melhor do que fazer aquilo que você gosta e tem habilidade e isto serve para os cães também. Mesmo que você tenha poucos cães na equipe, o posicionamento deles pode fazer diferença. Realize testes, mude os cães de posição e observe como eles se comportam.

Líderes (Leaders)

Os líderes devem ser bons em atender comandos, porque nada afeta mais a equipe do que a capacidade de resposta deles. Ele deve possuir capacidade de lidar com distrações ou interrupções externas e na equipe, deve ouvir comandos e responder com agilidade, tem que ter velocidade suficiente para ficar a frente dos outros cães, enfrentar desafios e ter aptidão para tomar as melhores decisões. O líder tem a responsabilidade de conduzir a equipe portanto é primordial que saiba trabalhar em conjunto com os outros cães.
Se outros cães da equipe se distraírem o trabalho dele é continuar, se houver algum obstáculo que o musher não perceba ou até mesmo um comando indevido do mesmo a função dele é tomar a melhor decisão, seja ela parar ou desviar pelo melhor caminho, caso não consiga um líder com todas as características necessárias trabalhe com a liderança em dupla e escolha um cão que complemente o outro.

Resultado de imagem para sled dog
Foto: https://upload.wikimedia.org

Swing ou Point (Cães logo após o líder)

Nessa posição, é importante que os cães sejam ágeis, velozes, experientes e consigam manter o foco nos líderes, você pode deixar cães que podem servir como substitutos dos líderes. A função principal deles é auxiliar os líderes a manter o ritmo da equipe. Um bom cão para essa posição deve correr suficientemente para manter as cordas esticadas.

Resultado de imagem para sled dog
Foto: https://media1.fdncms.com

Wheel (Cães após o trenó ou kart)

Cães para esta posição não devem se importar com o barulho do veiculo e não podem ficar olhando para trás, devem ser capaz de suportar muitas vezes empurrões ou o veiculo encostando neles, em uma parada brusca pode ocorrer do veiculo encostar e é muito importante o cão saber lidar com esta situação para que não se torne desastrosa.
Wheel dogs devem ser fortes e com bom condicionamento para evitar lesões, cães fortes são importantes para equipes pequenas, em equipes maiores onde existem mais cães para dividir o trabalho é importante que sejam ágeis porque geralmente as curvas são realizadas com maior velocidade. Não é aconselhável colocar cães que sobre aquecem ou cansam com mais facilidade nessa posição.

Foto: https://media1.fdncms.com

Team Dogs (Localizados entre Wheel Dogs e Swing Dogs)

Estes cães não necessitam de muita experiência, é uma boa posição para iniciantes, pois não tem a pressão física e mental dos Wheel Dogs e dos Leaders e além disso você consegue manter a visão sobre eles. Os cães da posição da frente e de atrás quase sempre mantêm a linha se esticada dificultando que os cães virem ou emaranhem as cordas.

Foto: https://cinderellareleased.files.wordpress.com

Fonte: Katiane Dorneles - Sled Dog Brasil 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SAIBA MAIS SOBRE A IMPORTÂNCIA DAS REGRAS E REGULAMENTOS PARA O CANICROSS E O BIKEJORING

Geralmente pensamos que as regras e os regulamentos servem apenas para quem pratica o esporte de forma oficial. De certa forma sim, porém, estas regras e regulamentos são criadas não só no intuito de organizar o esporte, mas também amparar e proteger a integridade dos atletas ou praticantes, sejam eles humanos ou cães. Neste artigo procurei destacar alguns pontos importantes no que diz respeito às regras e regulamentos para Canicross e Bikejoring que são estabelecidos e seguidos pela IFSS (Federação Internacional de Sleddog Sports), que detém o World Dryland Championships(abrangendo Canicross e Bikejoring) e a ECF (European Canicross Federation). A ideia é passar as informações relevantes ao praticante, seja para competição ou diversão, para que este possa usufruir dos benefícios do esporte de forma segura e correta. Não são todos os itens que precisam ser seguidos por quem pratica estes esportes como lazer e diversão, pois muitas das regras serão específicas para provas com

10 Dicas para quem vai treinar CANICROSS

A chegada do tempo bom incentiva o passeio com o cão e a  praticar algum esporte com ele.  Juntamente com o  agility , entre os esportes que mais tem atraído os aficionados por cães está o  canicross,  por isso, lhe damos dez conselhos para quando quiser praticá-lo. E lembre-se sempre que ESCOLHER O EQUIPAMENTO CORRETO É O PRIMEIRO PASSO! 1. Exame veterinário.  Verificar a saúde do cão é o primeiro passo necessário. 2. Começar a treinar.  É essencial que o cão vá gradualmente ganhando resistência aeróbica, para começar, pode-se dar um passeio de bicicleta por aproximadamente 20 minutos. 3. Educação técnica.  O cão deve conhecer as técnicas necessárias para participar de uma corrida, como as ultrapassagens, alongar a linha de forma constante, cruzar-se com outros cães, ordens direcionais, pedir-lhe que trote devagar etc, e é responsabilidade do guia que ele as aprenda corretamente. 4. Fortalecimento da musculatura  geral e do quarto traseiro, em particular, pa

A Origem do Canicross

Aiko veste Arnês X-Back Vermelho da Nostro Pet.  Foto: VG Photografia O Canicross  surgiu no Reino Unido na década de 1990. A ideia veio da necessidade de treinar os animais para puxar trenós. Para que o cachorro se acostumasse com a tração, o início do treino era feito com o animal atrelado ao condutor por meio de uma guia. Ao notar que isso era prazeroso tanto para o homem quanto para o cão, o Canicross virou esporte. Atualmente, a prática já é bem popular no continente europeu.  O primeiro campeonato  foi realizado em 2002 na província de Ravena, na Itália. No Brasil, entretanto, o esporte surgiu em meados de 2010. O Canicross, originalmente, é praticado em meio à natureza, em campos, montanhas e locais onde a natureza é predominante.  O equipamento adequado proporciona conforto ao cão. Foto: VG Photografia   Aqui no Brasil, temos inúmeros lugares e paisagens que podem ser aproveitados para iniciarmos este hábito maravilhoso que é o Canicross, seja pa